Explosão na Replan: ANP dá aval para Petrobras vender gasolina e diesel sem seguir padrões de cor e temperatura

30/08/2018

A interrupção na produção de derivados de petróleo na Refinaria de Paulínia (Replan) fez a Agência Nacional do Petróleo (ANP) autorizar a Petrobras a comercializar diesel e gasolina sem seguir as especificações para cor e temperatura. A explosão seguida de incêndio ocorreu há nove dias e, na tarde desta quarta-feira (29), as áreas não afetadas foram liberadas para uso após uma inspeção.

O documento obtido pela EPTV, afiliada da TV Globo, mostra que a solicitação da empresa federal trata sobre 52 milhões de litros de gasolina A e de 73 milhões de litros de diesel S500. A ANP autorizou a venda, mas impôs limitações [veja detalhes abaixo]. Na terça-feira, a Petrobras também confirmou que importará diesel e querosene para aviação, mas não revelou quantidades.

Explosão na Replan fez Petrobras pedir aval da ANP para venda excepcional (Foto: Reprodução / EPTV) Explosão na Replan fez Petrobras pedir aval da ANP para venda excepcional (Foto: Reprodução / EPTV)
Explosão na Replan fez Petrobras pedir aval da ANP para venda excepcional (Foto: Reprodução / EPTV)
Restrições
A ANP estabelece, no documento, que a gasolina não poderá ser vendida na região Sul; e que a liberação para São Paulo, Minas Gerais e Matro Grosso do Sul vale a partir de setembro. Já em outro trecho, ela afirma que a Petrobras deve limitar a venda do diesel para Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Espírito Santo e Rio de Janeiro. A autorização excepcional é justificada com análise sobre possível risco de desabastecimento, embora a hipótese tenha sido negada em notas públicas.

Em nota à EPTV, a agência explicou que o parâmetro de cor na especificação da gasolina não está ligado diretamente à qualidade do produto, mas de fazer diferenciações entre a comum (incolor a amarelada), aditivada (alaranjada ou esverdeada e aviação (azul). “Os corantes utilizados nessa diferenciação não interferem na qualidade da gasolina comercializada. A cor castanha da gasolina, contudo, pode ser um indicativo da presença de compostos oxidados. No entanto, essa hipótese foi descartada pela comprovação de adequação do combustível nos demais parâmetros da especificação, inclusive naqueles relacionados à presença de compostos de oxidação”, diz texto.

No caso do diesel, a diferença está no ponto de entupimento de filtro a frio (PEFF), parâmetro que, segundo a ANP, avalia o desempenho do combustível em baixas temperaturas ou em climas frios. “Considerando as diferentes temperaturas médias dos estados brasileiros nos diferentes meses do ano, é possível estabelecer diferentes temperaturas limites para tal parâmetro”, informa texto.

Retomada parcial
A Petrobras informou que a retomada das atividades nas unidades não afetadas da Replan foi retomada, e a expectativa é de que 50% da produção seja normalizada em até uma semana.

O impacto financeiro estimado é mantido em sigilo pela empresa. “A ANP concluiu que a operação será reativada de forma segura, após entrega de documentação comprobatória das condições de segurança adequadas pela Petrobras e realização de inspeção nas unidades”, diz texto.

Fonte: G1