Com preço no menor valor em dez anos, açúcar dá lugar a etanol nas usinas

22/08/2018

O Brasil deve produzir na atual safra na virada de 2018 para 2019, iniciada em abril, o menor volume de açúcar em três anos, com as usinas do país, o maior produtor global do setor, impulsionando a fabricação de etanol, projetou nesta terça-feira (21) a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

Em seu segundo levantamento sobre o ciclo vigente, a Conab previu uma produção de 34,25 milhões de toneladas de açúcar, ante 35,48 milhões na estimativa anterior, em maio, e 37,86 milhões de toneladas no ciclo passado.

O corte na estimativa ocorre em meio ao enfraquecimento das cotações internacionais do açúcar, que foi a US$ 0,10 (R$ 0,40) por libra-peso –o menor valor em uma década.
O etanol tem se mostrado mais atrativo internamente, na esteira de mudanças tributárias e uma nova política de formação de preços pela Petrobras.

Segundo a Conab, o Brasil vai produzir neste ano 30,4 bilhões de litros de álcool. O volume é superior aos 28,16 bilhões de litros estimados em maio e também acima dos 27,24 bilhões da safra anterior. O centro-sul responderá por 93,5% do total.

Fonte: Folha de S.Paulo